MANTRA DA FELICIDADE: "Loka Samasta Sukhino Bhavantu"

MANTRA DA FELICIDADE: "Loka Samasta Sukhino  Bhavantu"
Que todos os seres sejam felizes e bem aventurados.Este mantra fala sobre a felicidade, e faz com que a gente reflita sobre isso : todos merecem a felicidade, viver na sua plenitude, celebrar e simplesmente ser... cada um nasceu para ser feliz, portanto, vamos cumprir o nosso destino!

quarta-feira, 29 de junho de 2011

CORAÇÃO SÃO,CORPO SÃO!


O resfriado escorre quando o corpo não chora.
A dor de garganta entope quando não é possível comunicar as aflições.
O estômago arde quando as raivas não conseguem sair.
O diabetes invade quando a solidão dói.
O corpo engorda quando a insatisfação aperta.
A dor de cabeça deprime quando as duvidas aumentam.
O coração desiste quando o sentido da vida parece terminar.
A alergia aparece quando o perfeccionismo fica intolerável.
As unhas quebram quando as defesas ficam ameaçadas.
O peito aperta quando o orgulho escraviza
O coração enfarta quando chega a ingratidão.
A pressão sobe quando o medo aprisiona.
As neuroses paralisam quando a"criança interna" tiraniza.
A febre esquenta quando as defesas detonam as fronteiras da imunidade.

quarta-feira, 15 de junho de 2011

VEM CHEGANDO O INVERNO...


Bem dia 21,entra oficialmente o Inverno!
Apesar de já estar fazendo muito frio, e o ar estar muito seco, ainda estamos no outono.Sabemos que no inverno os cuidados com a saúde devem ser praticamente redobrado.Época de gripes,alergias,doenças respiratórias,as dores crônicas tendem a piorar,e assim por diante.
Mas o inverno é bom também. Para namorar,para comer bem,para passear sem o desconforto do calorão,para reunir amigos em casa com um bom fondui,queijo,vinho,assistir bons filmes...
Mas,voltando aos cuidados com a saúde lá vão algumas dicas:

-Tomem muita água,líquidos de todas as espécies.
-Hidratem bem a pele,com bons hidratantes! (não confundam os desodorantes corporais com hidratantes!)
-Evitem banhos muito quentes e demorados.
-Cuidado com os sintomas de gripe,a H1N1 está por aí e fazendo estragos,cuide-se!
-Umedeça os ambientes,com umidificadores de ar,baldes ou bacias com água,panos úmidos nas soleiras das portas.
-Mantenha a casa bem limpa e higienizada.
-Troque as roupas de cama  pelo menos uma vez na semana.
-Passem filtro solar,de preferência os que já tenham fator de proteção contra poluição também.
-Usem protetores e hidratantes labiais.
-Lavem  e umedeça sempre que puderem o nariz,de preferência com soro a 3%.Ou água filtrada com uma pitada de sal,a água deve ser morna.
-Tomem caldos, que aquecem e trazem saúde.
-Agasalhem bem os pés.Pés aquecidos,corpo protegido!
-Doe um agasalho a quem precisa.
-Lave sempre as mãos, e use o centro do braço para tapar a boca na hora de espirrar ou tossir.
-Mantenha a casa e o os ambientes bem arejados.
-Cuidado com os aquecedores,eles tendem a causar incêndios,quando esquecidos na tomada por muito tempo.
-Aproveite para ser feliz, namorar,passear ao sol,comer bem,dormir bem!

-

quarta-feira, 8 de junho de 2011

CAMPANHA DO AGASALHO 2011

Passar frio é terrìvel!!! Então vamos separar aqueles agasalhos ,que ainda estão em bom estado mas que não usamos mais,e doar a quem precisa. Lembrando que além de matar o frio de alguém,toda ação gera uma reação,se praticamos uma boa ação,teremos de volta reações boas,assim fazendo a vida girar de forma positiva sempre.Vamos ajudar!

terça-feira, 7 de junho de 2011

MULHERES POSSÌVEIS.COM UMA VIDA INTERESSANTE.

            'Eu não sirvo de exemplo para nada, aliás sou o avesso de exemplo... mas, se você quer saber se isso é possível, me ofereço como piloto de testes. Sou a Miss Imperfeita, muito prazer. A imperfeita que faz tudo o que precisa fazer, como boa profissional,filha e mulher que também sou: trabalhei desde os 15 anos, fui balconista de video locadora, secretária de Deputado na Assembléia Legislativa,recepcionista, várias vezes, promotora de vendas... Hoje dou aulas de yoga,ganho minha grana(pouca mas é minha),vou ao supermercado,cuido do serviço da empregada,ajudo a cuidar dos sobrinhos,e da empregada... ajudo minha mãe, procuro minhas amigas,ajudo a minha irmã na faculdade,namoro, vou ao cinema,respondo a toneladas de e mails, faço revisões no médico,mamografia,papanicolau,faço yoga diariamente,compro flores para casa, providencio os consertos domésticos, faço as unhas e depilação, mudo o cabelo! Ainda arrumo um tempinho para dar atenção e procurar sempre meus familiares mais distantes, porque família é muito importante,ligo quase todos os dias para meus tios para saber se estão bem,mando recados para as amigas que estão distantes,limpo a casa, reformo os móveis, dirijo, passo roupa,cuido do cachorro,assisto tv,acompanho quase todos os seriados da tv paga,ah, tudo isso,as vezes com muita dor, pois tenho fibromialgia,tenho depressão,síndrome do pânico e toc... Me divirto com as crianças, mesmo me lembrando do filhinho que perdi, porque assim tinha de ser... Ou seja de algum modo também já fui mãe! Cuidei de um pai boníssimo,que bebia,e q morreu... Vou aos velórios da família , faço visitas aos doentes, e também vou às festas... Ajudo meus alunos a respirar melhor, a ter uma postura melhor e a ter mais paciência.Sou blogueira, me comunico no facebook,e ainda leio todas as revistas sobre psicologia,psicanalise,saúde,ciências,moda,filosofia e yoga.
  E, entre uma coisa e outra, leio muito,muito mesmo,livros,muitos livros! Ainda acho um tempo para tirar uma soneca depois do almoço.Ah e no semestre que vem começo a faculdade de Biomedicina. Portanto, sou ocupada,mas não uma workholic, longe disso...Credo...
Por mais dedicada que eu seja, aprendi duas coisinhas que operam milagres.Primeiro: a dizer NÃO.
Segundo: a não sentir um pingo de culpa por dizer NÃO. Culpa por nada, aliás.
Existe a Coca Zero, o Fome Zero, o Recruta Zero. Pois inclua na sua lista a Culpa Zero.
      Quando você nasceu, nenhum profeta adentrou a sala da maternidade e lhe apontou o dedo dizendo que a partir daquele momento você seria modelo para os outros (ainda bem!!!!!).
 Seu pai e sua mãe, acredite, não tiveram essa expectativa: tudo o que desejaram é que você não chorasse muito durante as madrugadas e mamasse direitinho. Depois é q talvez tenham pensado em sermos médicas, advogadas, bailarinas, ou entrar na USP, e com que tipo de homem você iria se relaciona.

Você não é Nossa Senhora. Você é, humildemente, uma mulher.
E, se não aprender a delegar, a priorizar e a se divertir, bye-bye vida interessante. Porque vida interessante não é ter a agenda lotada, nem ser a bam bam bam em uma coisa,não é ser sempre politicamente correta, não é topar qualquer projeto por dinheiro,não é atender a todos e criar para si a falsa impressão de ser insubistituível, (porque ninguém é, aliás os cemitérios estão cheios de gente q se achavam insubistituíveis).Procure apenas ser,indispensável.
     Vida interessante é ter tempo!

      Tempo para fazer nada.

      Tempo para fazer tudo.

      Tempo para dançar sozinha na sala.

      Tempo para bisbilhotar uma loja de discos.

      Tempo para sumir dois dias com seu amor.

      Três dias.

      Cinco dias!

      Tempo para uma massagem.

      Tempo para ver a novela.

      Tempo para receber aquela sua amiga que é consultora de produtos de beleza.

      Tempo para fazer um trabalho voluntário.

      Tempo para conhecer outras pessoas.

      Voltar a estudar.

      Para cantar.

      Tempo para escrever um livro que você nem sabe se um dia será editado.

   Tempo, principalmente, para descobrir que você pode ser perfeitamente organizada e profissional sem deixar de existir.
   Porque nossa existência não é contabilizada por um relógio de ponto ou pela quantidade de memorandos virtuais que atolam nossa caixa postal.

      Existir, a que será que se destina?

      Destina-se a ter o tempo a favor, e não contra.

      A mulher moderna anda muito antiga. Acredita que, se não for super, se não for mega, se não for uma executiva ISO 9000, não será bem avaliada. Está tentando provar não-sei-o-quê para não-sei-quem.Agem como os homens q não acreditam no potencial das mulheres,esquecem das diferenças q existem sim entre nós e eles, a sensibilidade, a criatividade, a fragilidade sim... A tpm...
      Precisa respeitar o mosaico de si mesma, privilegiar cada pedacinho de si.
  Se o trabalho é um pedação de sua vida, ótimo!Mas se o trabalho for cuidar da casa, dos filhos, da organização do lar, ou da vida de outras pessoas tbem é muito enriquecedor!   Nada é mais elegante, charmoso e inteligente do que ser independente.
      Mulher que se sustenta fica mais sexy e muito mais livre para ir e vir. Desde que lembre de separar alguns bons momentos da semana para usufruir essa independência, senão é escravidão, a mesma que nos mantinha trancafiadas em casa, espiando a vida pela janela.
 Desacelerar tem um custo. Talvez seja preciso esquecer a bolsa Prada,o hotel em Paris, e o batom da Dior, arquitetos famosos, perfumes caros, marcas...
      Mas, se você precisa vender a alma ao diabo para ter tudo isso, francamente, está precisando rever seus valores.
  E descobrir que uma bolsa de palha, uma pousadinha rústica à beira-mar e o rosto lavado (ok, esqueça o rosto lavado) podem ser prazeres cinco estrelas e nos dar uma nova perspectiva sobre o que é, afinal, uma vida interessante' .

sábado, 4 de junho de 2011

O DIVÓRCIO, O MEU DIVÓRCIO!


O divórcio,do latim divortium, derivado de divertĕre, "separar-se".
Elizabeth Gilbert, resolveu transformar a esxperiência de seu divórcio num livro, o que por sinal teve um resultado incrível,virou best seller, filme...  Merecidamente! Ela resolve viver um ano sabático,para sair da tristesa,da culpa,enfim, dos sentimentos que essa decisão acarreta.Ela comeu,rezou e voltou a amar. Muito bem, prova de que cada pessoa age de uma maneira diferente ao mesmo estímulo.
Muitas pessoas se entregam e vivem amargamente por anos,outras entram em depressão,outras se vigam,outras criam um drama sem tamanho,outras adoencem de verdade,outras até... infelizmente se matam, tem gente que não aceita a "coisa",e chega até a matar,enfim,o que fazer com as experiências da vida? Isso é com cada um; como disse, cada pessoa age de uma maneira diferente ao mesmo estímulo.
Bem,eu como todo mundo (pelo menos eu acho né?!) casei achando e querendo, e acreditando que seria para sempre,mas... depois de 11 anos,acabou.
Os motivos? Ah, os de sempre.Culpa de quem? Dos dois!!!
Esse papo de a culpa é do fulano,ou da cicrana,não é bem assim ,nada chega a um ponto sem volta por culpa de um só lado ,se chegou ao ponto sem volta,um pode ter errado, mas o outro deixou acontecer.
Num casamento,ou em qualquer outra relação, se não houver conversa,entendimento,verdade,esclarecimento, algo não há de dar certo. Mas depois de alguns anos as pessoas acabam se acomodando, achando que tudo está seguro, que um conhece plenamente o outro,e não é bem assim.
Bem, o fato é o que eu fiz com o meu divórcio. Ao contrário de Elizabeth, não foi eu quem pediu o fim,mas eu também já o queria, não tenho grana para viajar por um ano, e talvez não o fizesse, eu resolvi viver o luto da separação nas duas primeiras semanas, e passou, perdoei e não guardo mágoas,e resolvi rir de tudo e de mim mesma,arrumei um namorado que amo e segui minha vida bem feliz,pois tudo na vida são ciclos,que se abrem e se fecham,resta a nós saber como encerrar cada um desses ciclos,só depende de cada um ser feliz ou infeliz, lidar de forma difícil ou tranquila,basta tentarmos ter entendimento,desapego, sofrer o necessário,não mais que o necessário, e transformar as experiências em lições boas e valiosas. Mas além de transaformar a experiência do divórcio em algo bom,eu tenho mais alguma coisa em comum com Elizabeth; eu também rezei muito, não deixei de comer e estou amando muito! Eu resolvi rir de mim mesma e da situação,e resolvi não escrever um livro,mas escrever esse texto. Fim!


Seguidores